Encontros por Área (EA)

Em breve, nessa página, as salas específicas em que vão ocorrer as atividades e a lista dos coordenadores de cada grupo.

Os Encontros por Área são uma oportunidade de debater temas entre os petianos, por áreas de conhecimento e abrangência dos Grupos PET e de interesse dos grupos. Aqui preza-se por um encontro mais informal, de estudo coletivo, discussão, reflexão e troca.

O congressista poderá se inscrever somente em um grupo de EA no sistema. Os EAs vão ocorrer de 9h às 11h, do dia 01/04/2019, em salas a serem definidas no PAT (Pavilhão de Aulas Práticas), do campus Seropédica da UFRRJ. As inscrições nos EAs serão realizadas no sistema, que pode ser acessado através dos dados do congressista, de 25/02 a 22/03.

Nesse ano, os eixos temáticos são:

  1. O PET E AS EXPERIÊNCIAS DE INTEGRAÇÃO E INTERDISCIPLINARIDADE
    Sinopse: Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem discussões sobre integração entre grupos PET; desafios e potencialidades do trabalho interdisciplinar; difusão de experiências de atividades inter PET nas instituições da região sudeste.

  2. O PET E O COMPROMISSO ÉTICO E POLÍTICO COM A SOCIEDADE
    Sinopse: Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem ações de ensino, pesquisa e extensão com repercussões no meio social e que expressem articulações diretas com a população em geral. Propõe-se uma reflexão conjunta a respeito do comprometimento ético e político de nossas ações e práticas como petianos/as e a troca de experiência que permitam uma problematização do sentido político das atividades desenvolvidas pelos grupos.

  3. O PET E A INOVAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA
    Sinopse: Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem o caráter inovador na produção científica e tecnológica, seja do ponto de vista dos resultados e/ou da metodologia proposta nas diferentes áreas de conhecimento.

  4. PET: INCLUSÃO E DIVERSIDADE
    Sinopse: Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem práticas de ensino, pesquisa e extensão que articulem propostas de inclusão social e educacional de diversos grupos sociais, nas perspectivas de gênero, raça-etnia, classe, sexualidade, acessibilidade, entre outros.

  5. O PET na formação acadêmica, cidadã e cultural
    Sinopse: Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem práticas de pesquisas e relatos de atividades que fomentem o ensino de graduação, na perspectiva da formação acadêmica, da consciência cidadã dos/as futuros/as profissionais, bem como que promovam o desenvolvimento cultural dos/as petianos/as e demais estudantes das IES.

  6. QuilomPET – Grupos PET e as políticas afirmativas
    Sinopse: Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem reunir experiências de diferentes grupos que tenham as políticas de ações afirmativas no seu escopo de atividades, além de grupos que tenham projetos e práticas de pesquisa e extensão estruturados na inclusão racial e/ou na afirmação sócio-territorial.

  7. O PET e as práticas de saúde
    Sinopse: Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem discussões de grupos PET que têm como foco a saúde, tanto enquanto política pública, como enquanto direito universal. A proposta é trocar experiências e metodologias de ação no campo da saúde e da construção de ambientes saudáveis.

  8. PET e Saberes Tradicionais
    Sinopse: Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem práticas e ações relacionadas à dinâmica da natureza e à preservação ambiental. Pretende reunir pesquisas e experiências de ensino e extensão com comunidades tradicionais, bem como estudos desenvolvidos pelos grupos PET que atuam no campo das ciências naturais.

  9. PET e o trabalho com escolas
    Sinopse:Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem práticas e ações relacionadas ao trabalho que os grupos PET desenvolvam com escolas do ensino fundamental e médio.

  10. PET, sustentabilidade e meio ambiente
    Sinopse:Para o encontro de áreas, aqui se priorizam trocas que contemplem práticas e ações relacionadas à dinâmica da natureza e à preservação ambiental. Tem-se a ênfase de trabalhos do PET que se dedicam à temática da sustentabilidade e meio ambiente.